2 de ago de 2010

Lealdade

Ola, Boa semana a todos!!!
Estive meio sumida por razões pessoais, mas achei um texto muito interessante e gostaria de compartilhar com todas vcs...Boas reflexões....




A lealdade é como que uma fé que nos obriga a seguir rigorosamente a verdade. Mais nos obriga a respeitá-la e a viver com ela, a não esconder, a não atraiçoar, a não apunhalar pelas costas. A lealdade não é um mito, mas é um item raro. Profana-se a lealdade a cada minuto. Dias passam em que, não só não somos leais com os outros, como não somos leais com nós mesmos. A falta de lealdade é um buraco que perpassa o corpo. É desleal aquele que usa o outro, que age com o outro sempre com reserva, sempre com uma cartinha na manga. Alguns não sendo desleais, também desconhecem o significado da lealdade. Lembro-me assim de repente, dos também conhecidos por "salta-pocinhas". É uma espécie curiosa esta, que despreza a vida de um para entregar ao outro, que é o melhor amigo de um e no dia a seguir já é o melhor amigo de outro. Que um dia está contigo e no outro, já está do lado de lá da barricada. Que está contigo agora porque lhe convém e no minuto seguinte com outrém porque lhe apetece, e que ao fim e ao cabo não está rigorosamente com ninguém, nem mesmo com ele próprio, porque engolido por esta esquizofrenia de atitudes. Dizem que se devem manter os amigos próximos e os inimigos ainda mais próximos, mas eu cá para ser leal comigo própria, dispenso a proximidade. Tiro o meu chapéu a todos os que conseguem estar generosamente com alguém, sejam amigos ou qualquer outra coisa, sem truques nem fintas, sem conveniências nem esquemas, sem 'mas', nem 'porém'!